Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur.
Contact us now +1128 5255 8454
support@elated-themes.com

Instagram Feed

Title Image

Blog

3 tendências globais que as empresas devem observar em 2022

Em um mundo onde tudo muda muito rápido, estar atento às tendências e novos comportamento é fundamental para estar sempre à frente no mercado. Em um ano como 2022, que vem carregado de incertezas, mas muita esperança, as empresas devem focar em compreender os anseios do consumidor, muito mais do que seus atos em si. Isso porque o que motivará ele a gastar será muito mais racional. De acordo com a Mintel, três tendências devem impactar os mercados consumidores globais no próximo ano.

Confira abaixo quais são elas:

No controle

Em tempos de incerteza, os consumidores anseiam por uma sensação de controle sobre suas vidas. As marcas podem fornecer as informações e opções de que os consumidores precisam para sentir que estão no comando.

Os sentimentos de precariedade e insegurança financeira criados e exagerados pela pandemia significam que os consumidores buscam um senso de controle sobre todos os aspectos de suas vidas. A desinformação está dificultando a realização das pesquisas necessárias para tomar decisões informadas. Os consumidores precisam de clareza, transparência, flexibilidade e opções para tomar decisões que atendam às suas necessidades e circunstâncias individuais.

As marcas precisarão trabalhar mais para fornecer informações confiáveis ??e equilibrar censura e autenticidade. A corrida para a entrega mais rápida evoluirá para se concentrar em ser mais flexível, dando aos consumidores mais controle sobre quando os produtos chegam para se adequar a suas programações ou para atender a suas outras necessidades específicas.

O desejo dos consumidores de saber os resultados potenciais se manifestará no desenvolvimento de tecnologias preditivas que podem antecipar eventos adversos. De doenças a datas prováveis ??de morte e resultados de relacionamento usando perfis de compatibilidade, a tecnologia evoluirá para conceder aos consumidores o poder de planejar com tranquilidade.

Prazer em todos os lugares

Depois de resistir ao lockdown, os consumidores estão ansiosos para sair de seus limites e explorar, brincar e abraçar novas experiências, tanto virtualmente quanto no mundo físico “real”. Os consumidores estão procurando fontes de alegria, pois a pandemia continua e outras crises locais e globais lhes causam ansiedade e estresse. Muitos podem estar sentindo uma espécie de ‘culpa de sobrevivente’ e, como resultado, as marcas estão reconhecendo a importância de elevar as pessoas, dando-lhes permissão para sentir felicidade novamente.

Embora o estresse causado pela pandemia possa não ser mais fundamental para as necessidades de diversão e escapismo do consumidor, eles continuarão a buscar diversão e diversão. À medida que as interações da marca por meio de campanhas, aplicativos e transações assumem cada vez mais elementos gamificados em resposta ao interesse do consumidor, espere também ver resistência contra ela e a gratificação instantânea que ela oferece. Essa tendência surgirá quando os consumidores adotarem uma abordagem mais consciente do prazer e da diversão.

Verificação de ética

A demanda do consumidor e as expectativas dos compromissos éticos das marcas estão evoluindo. Embora muitas marcas tenham se manifestado em tópicos polêmicos, os consumidores desejam ver um progresso mensurável em relação a seus objetivos. Eles foram além de simplesmente querer que as marcas ‘sejam éticas’ e estão exigindo ver ações mensuráveis, transparentes e consistentes daqueles que escolhem apoiar.

Os consumidores irão olhar além das conquistas e pontos fortes de uma marca; as empresas também precisarão ser transparentes sobre seus pontos fracos, onde e por que falham e como planejam resolver esses problemas no futuro.
Toda a transparência do mundo não ajuda necessariamente os consumidores a entender o impacto de uma marca, por isso é fundamental usar métricas que reflitam com precisão os problemas que as marcas estão tentando resolver.

Se uma empresa não mede adequadamente o que pretende consertar ou mudar, é difícil determinar se o progresso está sendo feito, muito menos comunicar esse progresso de uma forma que os consumidores possam entender.

Fonte: https://www.mundodomarketing.com.br/ultimas-noticias/39576/3-tendencias-globais-que-as-empresas-devem-observar-em-2022.html

No Comments
Post a comment